TERA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2018
DATA: 11/10/2018 | FONTE: campo grande news Chuvas levam a interdição de ponte inaugurada há três meses
As fortes chuvas da última semana por Nova Andradina , causaram a interdição da rodovia que dá acesso a ponte sobre o córrego Umbaracá, no anel viário da cidade. Inaugurado em 3 de julho deste ano, o trecho de 3,2 quilômetros da obra que leva a ponte, custou R$ 5,1 milhões, e representou 41,24% dos gastos de toda a obra, que totalizaram R$ 12.527.778,93. De acordo com o titular da Seinfra (Secretaria Municipal de Infraestrutura) da cidade, Júlio Cesar Castro Marques, o talude do aterro da ponte cedeu em virtude do aumento da vazão no rio, devido aos temporais. A situação já vinha sendo monitorada desde o início desta semana e os reparos só não foram feitos devido às condições do tempo. A estrutura da ponte e do aterro estão intactos, mas empresa responsável pela obra já foi notificada pela prefeitura do município e os reparos serão executados após o fim do período chuvoso. “A interdição é uma medida de precaução para evitar acidentes, já que a previsão é de chuva nos próximos dias. Na segunda-feira (15), se o tempo abrir, conforme a previsão, os técnicos já estarão trabalhando no local”, comentou Júlio. Contudo, o trecho de pouco mais de 3 quilômetros da segunda alça que dá acesso a ponte, interditado por tempo indeterminado a partir das rotatórias das rodovias MS-134, que liga Nova Andradina a Batayporã e MS-473, que liga Nova a Taquarussu, com saída para Ivinhema.
15/10/2018 Hoje é Dia do Professor; conheça a história da data
Geral
15/10/2018 Mato Grosso do Sul é 4º Estado com menor índice de miséria no Brasil
Geral
15/10/2018 Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores
Geral
15/10/2018 Governo de Mundo Novo levou empresas para visita técnica e construção da Feira do Produtor começa no próximo mês
Geral
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS