TERA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2018
DATA: 08/10/2018 | FONTE: Correio Do Estado Com 23.813 votos Mara Caseiro não se reelege ,Barbosinha diz que "fenômeno Bolsonaro" é responsável por renovação Candidatos com menos de 14 mil votos foram eleitos
Foto: Giuliano Lopes Deputada Mara Caseiro

Para o deputado reeleito José Carlos Barbosa (DEM), o Barbosinha, “efeito Bolsonaro” resultou em renovação na Assembleia Legislativa. A coligação do presidenciável levou sete deputados “nas costas” e o “puxador da fila” foi o Capitão Contar (PSL) que atingiu 78.390 votos. 

Na sequência, com o segundo maior número de votos, está o Coronel Davi (PSL), com total de 45.903. Em 18º lugar entrou Neno Razuk (PPS) com 19.472 votos. O deputado Herculano Borges (SD) foi reeleito com 17.731 devido a coligação com o PSL e os outros três que fazem parte do grupo, Gerson Claro (PP), Evander Vendramini (PP) e Lucas de Lima (SD) tiveram menos de 17 mil votos.

A deputada Mara Caseiro (PSDB) acabou ficando de fora, mesmo tendo um número de votos maior do que Neno e Herculano, ela atingiu o total de 23.813 votos, mas não foi reeleita.

De acordo com o deputado Barbosinha, a renovação no Legislativo é o “fenômeno Bolsonaro”. “Eu sabia que isso ia acontecer, eu avisei, já tinha mais ou menos esse cenário, que nossa chapa era pesada na cabeça. Tínhamos nomes muito fortes”, lembrou o democrata.

Barbosinha disse também que a expectativa da chapa era levar, mais ou menos, dez nomes, o que não aconteceu. Apenas sete deputados foram eleitos, entre eles seis foram reeleitos: Onevan de Matos, Rinaldo Modesto, Paulo Corrêa e Felipe Orro do PSDB e Zé Teixeira e Barbosinha do DEM. Marçal Filho (PSDB) foi eleito com 25.437 votos.

Na análise de Barbosinha, os deputados da coligação de Bolsonaro que entraram com menos votos que Mara, Enelvo Felini, André Salineiro e Paulo Duarte, todos do PSDB, foram os responsáveis pela não entrada deles.
Apesar do cenário negativo para os tucanos, Barbosinha declarou que está satisfeito com o atual resultado e que teve aumento de 30% dos votos em relação às últimas eleições.

15/10/2018 Hoje é Dia do Professor; conheça a história da data
Geral
15/10/2018 Mato Grosso do Sul é 4º Estado com menor índice de miséria no Brasil
Geral
15/10/2018 Apenas 3,3% dos estudantes brasileiros querem ser professores
Geral
15/10/2018 Governo de Mundo Novo levou empresas para visita técnica e construção da Feira do Produtor começa no próximo mês
Geral
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS