SEGUNDA FEIRA, 15 DE OUTUBRO DE 2018
DATA: 29/09/2018 | FONTE: msn Na estreia, Brasil atropela Porto Rico do Mundial Feminino de Vôlei

A seleção brasileira cumpre seu papel na estreia do Campeonato Mundial Feminino de Vôlei. Vence a fraca seleção de Porto Rico por 3 sets a 0 e ainda dá oportunidades para quase todo elenco entrar em quadra. Sofreu um pouco no primeiro set, mas atropelou nos outros dois.

Se tem uma estreia que todo time sonha dentro de um Mundial, pode-se dizer ela ocorreu para o Brasil. Um set que serve de aviso para que elas não esmoreçam, lembrem que estão em um competição importante. E outros dois para dar ritmo a todas, permitir uma estreia tranquila. A partida do grupo D disputada na madrugada deste sábado (29) foi realizada da cidade de Hamamatsu, no Japão.

O primeiro set foi surpreendentemente difícil para o Brasil. O técnico José Roberto Guimarães declarou que sentiu suas comandadas um tanto nervosas, cometendo erros de saque. De fato, o time vencia a parcial por 16 a 12, deixou virar para 18 a 17. Encaminhou-se para um final apertado, ficando 25 a 25. Mas Fernanda Garay, que foi a maior pontuadora do jogo, com 12 pontos anotados, desequilibrou a favor das brasileiras, finalizando o placar em 27 a 25.

Depois disso, a equipe se sentiu mais à vontade e desempenhou melhor os fundamentos de ataque, bloqueio, defesa e passe. O time titular que iniciou a partida, com Dani Lins (levantadora), Gabi, Tandara e Fê Garay de ponteiras, Ana Beatriz e Carol como centrais e Suelen, de líbero, aos poucos, foi dando lugar às reservas e mesmo assim o time não parou de pontuar e acuar as adversárias. Tanto que 26 dos 77 pontos anotados foi de erro de Porto Rico.

25 a 12 foi a segunda parcial. Na terceira ocorreu um fato curioso. As brasileiras abriram 15 a 0. Carol revelou que não se recordava de uma partida que teve de sacar tantas vezes seguidas. O primeiro ponto porto-riquenho veio de uma invasão que a Fernanda Garay fez na quadra contrária. Mesmo com uma vantagem tão expressiva, o Brasil não aliviou. Terminou ampliando a diferença com 25 a 7. Todas as jogadoras, com exceção de Adenízia, entraram em quadra.

As meninas entram em quadra novamente na madrugada de domingo, à 1h40 da manhã, contra a República Dominicana.

14/10/2018 Flamengo vence o clássico e o santos chega ao G-6
ESPORTE
14/10/2018 Chapecoense e Vitória se enfrentam em luta para fugir da "degola"
ESPORTE
13/10/2018 Atletas Iguatemienses continuam fazendo bonito no atletismo
ESPORTE
13/10/2018 Corinthians conquista o título inédito da Copa do Brasil
ESPORTE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS