TERA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2018
DATA: 12/07/2018 | FONTE: top midia news pais 'ensinam' criança a trocar mamadeira por cerveja em MS; conselho tutelar diz que é crime Os responsáveis pelo vídeo dizem que se trata apenas de uma brincadeira

Fazer uma criança trocar uma mamadeira por uma garrafa de cerveja pode ser considerada uma brincadeira saudável?

Um vídeo publicado nas redes sociais vem dando o que falar, já que dois adultos oferecem uma garrafa de cerveja para uma criança que está em um carrinho, em uma praça em Campo Grande.

No vídeo, um homem oferece a mamadeira com leite para o menino, mas a criança recusa e ameaça chorar. Em seguida, o homem deixa a mamadeira de lado, pega uma garrafa de cerveja e oferece ao garoto, que aceita de imediato.

Na legenda do vídeo, a mulher explica que se trata apenas uma brincadeira. “Arthurzinho malaaaaaa kkkkkk (pra quem vir falar bosta de plantão, o vídeo é apenas uma brincadeira)”, escreveu a responsável pela divulgação do vídeo.

Conselho Tutelar

Segundo a conselheira tutelar Cassandra Szuberski, a atitude, em tese, configura crime e prevê pena de detenção de 2 a 4 anos. “De acordo com o artigo 243 do ECA (Estatuto da Criança e Adolescente) - Lei 8069/90, só o fato de entregar a garrafa para a criança configura crime. Eles ainda postaram esse vídeo nas redes sociais, isso é juntar prova contra si mesmo”.

Artigo 243 do ECA – “Vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar, ainda que gratuitamente, de qualquer forma, a criança ou a adolescente, bebida alcoólica ou, sem justa causa, outros produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica: (Redação dada pela Lei nº 13.106, de 2015). Pena - detenção de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa, se o fato não constitui crime mais grave. (Redação dada pela Lei nº 13.106, de 2015)”.

Ao tomar conhecimento de que a responsável pela reprodução do vídeo colocou na legenda que se trata apenas de uma brincadeira, a conselheira destaca que os adultos devem se conscientizar que estão induzindo a criança a optar pelo álcool.

“O ECA protege a criança e  adolescente dessas atitudes, eles induzem a criança sem pensar nas consequências que isso pode trazer para o futuro da criança. Existem muitos adolescentes que fazem o uso de álcool com frequência e os pais deixam. Tem mãe e pai que molha a chupeta da criança na bebida alcóolica para que ela fique quieta com o objeto na boca e isso é um absurdo. É preciso que seja feita a denúncia para que eles respondam pelo ato”, afirma a conselheira. 

25/09/2018 Ivinhema-Homem vai preso por agredir mulher após bebedeira
POLICIA
25/09/2018 Adolescente é assassinado após receber ligação misteriosa
POLICIA
25/09/2018 Operação conjunta da PRF cumpre mandado de prisão e recupera veículo roubado
POLICIA
25/09/2018 "Tri" em flagrantes, motorista da Máfia do Cigarro vai continuar preso
POLICIA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS