TERA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2018
DATA: 18/06/2018 | FONTE: Dourados Agora Prevenção é essencial para quebrar ciclo de transmissão do HIV, diz chefe da ONU

O debate deste ano das Nações Unidas sobre as melhores formas de combater o HIV e a AIDS lembrou que, enquanto o progresso está sendo atingido, este permanece "desigual e frágil", com muitos obstáculos pela frente.

"O mundo está fazendo um bom progresso para acabar com a epidemia de AIDS até 2030", disse o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, à Assembleia Geral da ONU na terça-feira (12), citando a necessidade de testes de HIV, tratamento e terapia anti-retroviral mais acessíveis.

"Mas o progresso é desigual e frágil", acrescentou. "Em todos os continentes, as populações-chave com maior risco de infecção continuam a ficar mais e mais para trás".

Onde a prevalência é alta, as mulheres jovens permanecem vulneráveis; e os jovens precisam aprender a se proteger.

"A prevenção é a chave para quebrar o ciclo de transmissão do HIV", declarou ele, citando o Roteiro de Prevenção para 2020, que foca explicitamente em meninas adolescentes, mulheres jovens e populações-chave em risco.

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável exige uma abordagem integrada para acabar com o HIV, acrescentou.

"O sucesso exigirá que fortaleçamos os elos entre essas áreas e criemos sistemas resilientes e sustentáveis para a saúde, sustentados por princípios de direitos humanos e equidade", disse Guterres.

25/09/2018 Dores crônicas afetam pelo menos 37% dos brasileiros. O que fazer?
SAUDE
24/09/2018 Diagnóstico da dengue hemorrágica pode ser facilitado por marcador biológico
SAUDE
23/09/2018 Pacientes denunciam farmácia fechada em posto de saúde; Sesau diz que está entregando remédios
SAUDE
22/09/2018 Urologistas alertam sobre os principais problemas de saúde masculinos
SAUDE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS