SEGUNDA FEIRA, 24 DE SETEMBRO DE 2018
DATA: 15/06/2018 | FONTE: Dourados Agora Reaberto, Hospital de Cirurgias leva 51 dias para começar a operar pacientes

Depois de ficar fechado por um ano e meio e ser reaberto no dia 23 de abril, o Hospital de Cirurgias da Grande Dourados, de responsabilidade do Governo do Estado, começou operar pacientes.

Os primeiros procedimentos realizados foram de urologia, na quarta-feira (13), informou a Secretaria de Estado de Saúde.

O secretário Carlos Alberto Coimbra, acompanhou as primeiras cirurgias, depois de quase dois meses do hospital abrir as portas. Até então só vinha sendo realizados atendimentos médicos.

Com 27 leitos e capacidade para 220 cirurgias mensais, nas especialidades de cirurgia geral, ortopedia, ginecologia, otorrinolaringologia, urologia, vascular e oftalmologia, o hospital era aguardado com ansiedade pela prefeitura de Dourados, para ser reaberto.

O município é responsável para atender outras 34 cidades, por conta disso, é grande a fila de pacientes que aguardam por cirurgias. Porém, era esperado que fosse feito procedimentos mais complexos, principalmente na área da ortopedia.

O vereador Pedro Pepa, que integra a comissão de saúde na Câmara de Dourados, diz que a maior demanda é de procedimentos de média e alta complexidade, dos quais o Hospital de Cirurgias não deve atender.

O hospital é gerenciado pela organização social Gamp (Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública), contratada através de licitação pelo governo de Mato Grosso do Sul e que vai receber R$ 716 mil por mês para administrar a unidade.

24/09/2018 Diagnóstico da dengue hemorrágica pode ser facilitado por marcador biológico
SAUDE
23/09/2018 Pacientes denunciam farmácia fechada em posto de saúde; Sesau diz que está entregando remédios
SAUDE
22/09/2018 Urologistas alertam sobre os principais problemas de saúde masculinos
SAUDE
22/09/2018 Cuidado: suicídio é 2ª causa de morte entre jovens e internet pode aumentar os riscos
SAUDE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS