SEGUNDA FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2018
DATA: 14/06/2018 | FONTE: midiamax PF afirma que Geddel esteve no local de entrega de propina

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA) esteve no local apontado como ponto de entrega de propina pelo operador financeiro Lúcio Funaro. A conclusão consta em relatório da Polícia Federal e foi confirmada por meio do rastreamento do celular do ex-ministro por antena de telefonia móvel.

Segundo informação foi divulgada pela GloboNews, Geddel estava nas proximidades do aeroporto de Salvador onde, segundo Funaro, havia um hangar usado pelo ministro para receber o dinheiro.

O ex-ministro foi indiciado por corrupção na Operação Cui Bono?, que investiga fraudes na liberação de empréstimos da Caixa Econômica Federal (CEF).

A ação investiga se Geddel, vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa de 2011 a 2013, cobrava propina para liberar empréstimos. A suspeita dos investigadores é de que o político fornecia informações privilegiadas para o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, o operador financeiro do MDB, Lúcio Funaro, e o vice-presidente da Caixa Econômica, Fábio Cleto.

18/06/2018 Em esforço por imagem melhor, Temer lança nova campanha nas redes
POLITICA
18/06/2018 Não posso mudar de opinião só para conquistar eleitores de Lula, diz Marina Silva
POLITICA
17/06/2018 Número de mortes causadas por gripe no estado quase triplica em 2018
POLITICA
17/06/2018 Governo vai realizar concurso com 1 mil vagas para professores e 500 para administrativos
POLITICA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS