TERĒA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2018
DATA: 14/06/2018 | FONTE: midiamax PF afirma que Geddel esteve no local de entrega de propina

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA) esteve no local apontado como ponto de entrega de propina pelo operador financeiro Lúcio Funaro. A conclusão consta em relatório da Polícia Federal e foi confirmada por meio do rastreamento do celular do ex-ministro por antena de telefonia móvel.

Segundo informação foi divulgada pela GloboNews, Geddel estava nas proximidades do aeroporto de Salvador onde, segundo Funaro, havia um hangar usado pelo ministro para receber o dinheiro.

O ex-ministro foi indiciado por corrupção na Operação Cui Bono?, que investiga fraudes na liberação de empréstimos da Caixa Econômica Federal (CEF).

A ação investiga se Geddel, vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa de 2011 a 2013, cobrava propina para liberar empréstimos. A suspeita dos investigadores é de que o político fornecia informações privilegiadas para o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, o operador financeiro do MDB, Lúcio Funaro, e o vice-presidente da Caixa Econômica, Fábio Cleto.

16/10/2018 Doria tentou dar rasteira em Alckmin e ex-governador chorou, diz FranƧa
POLITICA
16/10/2018 Ciro era a melhor estratĆ©gia para ganhar a eleiĆ§Ć£o, diz Jaques Wagner
POLITICA
15/10/2018 candidato sĆ³ pode ser preso em flagrante
POLITICA
15/10/2018 Pesquisa aponta Reinaldo Azambuja como vencedor das eleiƧƵes em MS
POLITICA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS