QUARTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2018
DATA: 12/06/2018 | FONTE: midiamax Corpo encontrado na Embrapa é de pedreiro que sumiu durante pescaria Família reconheceu o pedreiro pelas roupas encontradas

A família do pedreiro Thiago Lopes Amarilha, de 32 anos, reconheceu o corpo encontrado na última sexta-feira (8) na Embrapa, em Campo Grande. O reconhecimento foi feito pelas roupas, já que o corpo estava em avançado estado de decomposição.

De acordo com o delegado Gomides Ferreira, da 7º Delegacia de Polícia Civil da Capital, mesmo com o reconhecimento feito pela família, ainda se espera o resultado dos exames de DNA. O delegado afirmou, no entanto, que já teria começado a coletar os depoimentos dos amigos de Thiago que estavam com ele no dia de seu desaparecimento, em 27 de maio.

Gomides ainda disse que a suspeita é de homicídio, mas a polícia não descarta outras hipóteses para a morte do pedreiro.

Logo, após seu desparecimento várias buscas foram feitas por Thiago, inclusive, com ajuda de cães farejadores e drone usados pelo Corpo de Bombeiros.

O corpo foi encontrado por um funcionário da Embrapa na manhã da última sexta-feira (8), em uma área de melhoramento animal beirando a cerca. Ele estava de bruços, sem camisa e usando um short branco. O corpo estava em avançado estado de decomposição e com o rosto desfigurado. Aparentemente não havia sinais de violência no corpo.

19/06/2018 Caarapó - Rapaz é baleado ao tentar separar briga em conveniência
POLICIA
19/06/2018 Família de Campo Grande busca por jovem de 22 anos sumido há 14 dias
POLICIA
19/06/2018 SIG esclarece tentativa de homicídio e apreende arma utilizada no crime
POLICIA
19/06/2018 Colombianos são presos em Dourados após furtarem celular de taxista
POLICIA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS