SEGUNDA FEIRA, 24 DE SETEMBRO DE 2018
DATA: 15/04/2018 | FONTE: msn Beber café aumenta chance de passar dos 90 anos, diz estudo

O estudo 90+, realizado pelo instituto americano UCI MIND, foi iniciado em 2003 para estudar a faixa etária que mais cresce nos Estados Unido: as pessoas com mais de 90 anos. Como pouco se sabe sobre as pessoas que alcançaram esse marco, o notável aumento do número de idosos apresenta uma prioridade de saúde pública para promover a qualidade de vida.

O pesquisadores puderam perguntar aos 1.600 entrevistados, “o que faz com que que as pessoas vivam até 90 anos de idade?”. Os participantes do estudo foram visitados a cada seis meses por especialistas que realizaram testes neurológicos e neuropsicológicos. Além disso, os entrevistados receberam uma série de testes físicos e cognitivos para determinar o desempenho das pessoas nessa faixa etária.

Analisando a alimentação, atividades,hábitos e estilos de vida, o estudo pôde concluir que o uso moderado de café pode ajudar significativamente para que alcancemos com saúde os 90 anos de idade. Além do café, a pesquisa revelou que a cerveja e o vinho também estão inclusos no cardápio da longevidade. Dois copos de cerveja ou duas taças de vinho diárias, segundo a pesquisa, crescem em 18% as chances de uma vida mais longa. Já o café, quando consumido diariamente, também eleva, em cerca de 10%, a probabilidade de se passar dos 90 anos.

“Não sei explicar, mas acredito de verdade que beber de forma modesta aumenta o tempo de vida”, afirmou Claudia Kawas, neurologista e coordenadora do estudo.

24/09/2018 Diagnóstico da dengue hemorrágica pode ser facilitado por marcador biológico
SAUDE
23/09/2018 Pacientes denunciam farmácia fechada em posto de saúde; Sesau diz que está entregando remédios
SAUDE
22/09/2018 Urologistas alertam sobre os principais problemas de saúde masculinos
SAUDE
22/09/2018 Cuidado: suicídio é 2ª causa de morte entre jovens e internet pode aumentar os riscos
SAUDE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS