QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2018
DATA: 14/04/2018 | FONTE: tanamidia Anvisa proíbe a venda dos medicamentos Viagra Master e Lavita Caps

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de dois produtos que eram vendidos sem registro: O Viagra Master e o Lavita Caps. As proibições foram publicadas no Diário Oficial da União .

Conforme as informações divulgadas pela assessoria de imprensa da Anvisa, os produtos eram comercializados com alegações terapêuticas de forma indevida.

O Viagra Master, por exemplo, era comercializado pela internet com propagandas que atribuam ao produto o "auxílio na prevenção e combate da impotência", "aumento do desejo sexual", "aumento de fertilidade", dentre outras coisas.

Já a publicidade do Lavita Caps atribuía ao produto benefícios como: “a prevenção de doenças cardíacas", "melhora da memória e da capacidade de aprendizagem", "combate a depressão, stress, enxaqueca e ansiedade". O produto, de fabricante desconhecido, é vendido na internet com propagandas de propriedades terapêuticas que não foram autorizadas pela Anvisa.

A partir de agora, estes produtos não podem ser fabricados, distribuídos ou comercializados em todo o território nacional. Além disso, as propagandas com atribuições terapêuticas ao Viagra Master ou Lavita Caps estão suspensas.

A Anvisa publicou também a interdição da empresa Bio Bonté Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda. A decisão é resultado de uma inspeção realizada pela Vigilância Sanitária de Campinas – SP na empresa. Com isto, fica suspensa a fabricação, comercialização e uso dos produtos fabricados pela empresa Bio Bonté Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda.

18/07/2018 Doença sexualmente transmissível pouco conhecida se alastra e é resistente a antibióticos
SAUDE
17/07/2018 SUS tem quase R$ 2 bilhões a receber das operadoras de planos de saúde
SAUDE
17/07/2018 IVINHEMA: Fundo Municipal de Saúde realizou pregão para adquirir enxovais hospitalares
SAUDE
17/07/2018 Unidades de saúde da Capital receberão 10 academias para a terceira idade
SAUDE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS