QUINTA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2018
DATA: 11/04/2018 | FONTE: midiamax Homens jovens são maiores vítimas de acidentes de trabalho em MS Construção civil concentra os casos

Levantamento feito pelo Programa de Saúde do Trabalhador da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) revela que homens de 20 a 49 anos são os que mais se envolvem em acidentes de trabalho em Campo Grande, sendo, em sua maioria, trabalhadores da construção civil.

 

Conforme o levantamento, na faixa-etária de 20 a 49 anos, foram notificados 1122 acidentes de trabalho considerados graves, sendo 973 envolvendo homens e 149, mulheres. No total (de 15 a 69 anos) foram 1549 casos.

As ocupações que mais registram casos são: Pedreiro (195), trabalhador de serviços de manutenção de edifícios e logradouros (184), trabalhador agropecuário em geral (98), entre outras, que podem ser conferidas no relatório completo disponível aqui ou baixado a seguir. Na somatória geral, os números mostram que a maior incidência de casos está na construção civil.

Dos acidentes registrados, 33 resultaram em incapacidade temporária do trabalhador; 23 em incapacidade parcial permanente e 4 em incapacidade total permanente. Foram registrados 23 óbitos em 2017.

Abril verde

O mês de abril é historicamente lembrado como o mês de prevenção e combate aos acidentes de trabalho. Em Mato Grosso do Sul, a campanha do “Abril Verde” está sendo conduzida pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MS) e tem o apoio da prefeitura de Campo Grande.

Diversas ações de promoção e prevenção voltadas à saúde e bem-estar do trabalhador estão sendo desenvolvidas, com o objetivo de sensibilidade e orientar empregadores e trabalhadores.

26/04/2018 Eldorado – PRF apreende jovem de 19 anos com 130 kg de maconha em veículo
Geral
26/04/2018 Naviraí-Prefeito Izauri diz que produtor necessita estradas boas e manda recuperar todas as vicinais
Geral
25/04/2018 Iguatemi iniciou a campanha de vacinação contra a Gripe Influenza
Geral
25/04/2018 Mais de 40% dos brasileiros até 14 anos vivem em situação de pobreza
Geral
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS