QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2018
DATA: 11/04/2018 | FONTE: G 1 STF julga nesta quarta-feira habeas corpus de Palocci e Maluf

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga nesta quarta-feira os pedidos de habeas corpus do deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP) e do ex-ministro Antonio Palocci. O ministro Marco Aurélio Mello também pretendia levar a julgamento hoje o pedido do PEN para que fiquem suspensas a possibilidade de prisão de condenados após decisão na segunda instância do Judiciário. No entanto, o ministro adiou a análise do caso em pelo menos uma semana após atender pedido do autor da ação, que trocou de advogados e requereu o adiamento para que os novos defensores possam conhecer melhor o processo.

Maluf está atualmente em prisão domiciliar por determinação do ministro Dias Toffoli. Agora, o plenário vai definir se mantém ou revoga essa decisão. Já a ação penal que levou à condenação e prisão de Maluf é relatada pelo ministro Edson Fachin, que vinha negando recursos da defesa. Como as decisões dos dois ministros eram divergentes, o plenário terá a oportunidade de dar um ponto final à questão.

Na quarta-feira da semana passada, ao atender o pedido da defesa, Toffoli destacou que não é praxe revogar decisões de outros ministros, mas ressaltou que, nesse caso, seria perigoso demorar em tomar uma decisão, em razão dos problemas de saúde do deputado afastado.

Alvo da Lava-Jato, Palocci está preso em Curitiba desde setembro de 2016. O habeas corpus dele até poderia ter sido julgado antes pelo plenário do STF, mas, em novembro do ano passado, a própria defesa pediu a retirada do caso até a volta do ministro Ricardo Lewandowski, que estava de licença médica. Lewandowski já voltou e os advogados de Palocci fizeram em 2018 vários pedidos para que o habeas corpus seja julgado logo, o que ainda não ocorreu. Também reclamou que o habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, rejeitado na última quarta-feira, furou a fila do plenário do STF.

19/07/2018 Com apoio de Bolsonaro, pré-candidato Capitão do Exército defende patriotismo e combate à corrupção
POLITICA
19/07/2018 Em mensagem, Lula diz que é o 'sonho de consumo de Sérgio Moro'
POLITICA
18/07/2018 Eles não querem de jeito nenhum que a Lava Jato acabe, diz Lula
POLITICA
18/07/2018 Adversário na eleição de 2014, PSDB cogita Delcídio em chapa
POLITICA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS