QUARTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2018
DATA: 14/03/2018 | FONTE: midiamax Sócio de lava-jato levou tiros na Júlio de Castilho depois de emprestar e bater veículo Irmãos entregaram o autor, que atirou para cobrar carro da mãe
O homem de 32 anos de idade que sofreu um atentado a tiros na manhã desta terça-feira (13) na avenida Júlio de Castilho, região oeste de Campo Grande, se tornou alvo depois de pegar um automóvel emprestado e bater o carro. O autor dos disparos foi identificado como filho da dona do veículo. Alvejado por dois tiros nas costas, o homem é sócio de um lava-jato no local do crime. Mesmo baleado, a vítima atravessou a avenida e correu para pedir ajuda dentro de um açougue que fica em frente. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, dois homens que estavam em uma moto azul chegaram ao lava-jato, abordaram o empresário e um deles atirou duas vezes contra as costas dele. ​​Ele foi levado à Santa Casa onde passou por cirurgia. De acordo com a polícia, após a informação sobre a autoria, um suspeito foi encaminhado à Depac Centro. Lá, ele disse que os autores são seus dois irmãos e, o motivo, foi por causa do carro, um Ford Escort da mãe dos três, que foi emprestado e batido. Os policiais tiveram acesso as imagens de câmeras de segurança do local e, o caso foi registrado como homicídio simples na forma tentada.
19/06/2018 Caarapó - Rapaz é baleado ao tentar separar briga em conveniência
POLICIA
19/06/2018 Família de Campo Grande busca por jovem de 22 anos sumido há 14 dias
POLICIA
19/06/2018 SIG esclarece tentativa de homicídio e apreende arma utilizada no crime
POLICIA
19/06/2018 Colombianos são presos em Dourados após furtarem celular de taxista
POLICIA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS