QUINTA-FEIRA, 20 DE SETEMBRO DE 2018
DATA: 20/02/2018 | FONTE: G1 MS Grupo faz manifestação em MS contra reforma da Previdência e por reforma agrária

A chuva não impediu e manifestantes realizaram um ato contra a reforma da Previdência e pedindo agilidade na situação de acampados e assentados. Segundo a Organização de Luta pela Terra (Terra), cerca de 100 pessoas se reuniram na praça que divide as avenidas Afonso Pena e Duque de Caxias, em Campo Grande. A Guarda Municipal esteve no local e contabiliza cerca de 120 a 150 manifestantes.

“Nós estamos aqui reivindicando a reforma agrária já e também lutar, pois somos contra a Reforma da Previdência Social. Queremos terra para o nosso povo, alimentação para o nosso povo. Nossa intenção é pressionar para o Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária], para distribuir alimentação, fazer os devidos cadastramentos das pessoas nas beiras de estrada, além de vistorias as áreas e entregar aquelas que já foram vistoriadas”, afirmou ao G1 o metalúrgico aposentado e acampado Gumercindo Azevedo, de 72 anos.

O grupo está com camisetas, faixas, bonés e cartazes. Eles caminharam pela avenida principal da cidade, rumo ao Centro. “Estamos aguardando manifestantes de Ivinhema, Angélica, Rio Brilhante, Rio Verde e Aquidauana. Vamos parar na praça do Rádio Clube, com cerca de 500 pessoas. Temos também agenda com o presidente nacional do Incra, no dia 2 de março deste ano, em Brasília”, disse Azevedo.

No final da manhã, o grupo foi impedido de ficar na praça do Rádio Clube. A Guarda Municipal verificou que eles montaram barracas no local, porém estavam sem autorização da prefeitura. Movimentos de partidos diferentes então se reuniram e foram para a sede do Incra, na rua 25 de dezembro.

Conforme a assessoria de imprensa do Incra, o grupo deve ser recebido pelo superintendente regional, Humberto César Maciel, por volta das 14h (de MS), desta segunda-feira (19). Ainda conforme a assessoria, cerca de 100 pessoas fazem ameaças de invadir a sede, caso não sejam atendidos.

20/09/2018 Naviraí-Prefeitura contrata empresa especializada em segurança do trabalho para elaboração de laudo de insalubridade e periculosidade
Geral
20/09/2018 Prefeitura de Naviraí comunica que pedido de isenção começa dia 1º de outubro e vai até 30 de novembro
Geral
20/09/2018 Com ameaça de greve, frentistas de MS conquistam piso salarial de R$ 1.190,95
Geral
20/09/2018 Mais de 80 mil jovens e adultos privados de liberdade fazem o Encceja
Geral
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS