QUINTA-FEIRA, 20 DE SETEMBRO DE 2018
DATA: 16/02/2018 | FONTE: top midia news Puccinelli propõe aliança velada com PDT para evitar ataques pessoais durante campanha Ex-governador teria procurado adversários para discutir assuntos que podem ficar ‘debaixo do tapete’

Com o ex-juiz federal Odilon de Oliveira (PDT) irredutível sobre a própria candidatura, o ex-governador André Puccinelli (MDB) se reuniu com o presidente estadual do PDT, João Leite Schimidt, para propor uma aliança velada. Entre as solicitações, Puccinelli pediu que a campanha de Odilon não ataque a gestão de André, nem mencione fatos como Operação Lama Asfáltica, tornozeleira eletrônica e a prisão do ex-governador.

Reloginho

O deputado estadual Cabo Almi (PT) cobrou da Mesa Diretora o atraso no início da sessão, o que estaria prejudicando a leitura de projetos e indicações no novo formato. Seus colegas falaram que ele estava bravo. Na hora, Almi retrucou: “Policial não é bravo. Policial é valente e corajoso”.  

Luto

O adeus ao ex-governador Wilson Barbosa Martins continua recheado de histórias e lembranças de amigos e políticos. Entre as memórias, foi recordado que Ulysses Guimarães foi calouro do Doutor Wilson na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, também conhecida como Faculdade de Direito do Largo de São Francisco.

‘Causos’ I

André Puccinelli contou que Wilson teve que convidá-lo por três vezes para o cargo de secretário de Saúde. “Eu disse para ele que nunca trabalhei na vida pública, só na rede privada. Wilson me falou que eu seria um grande político. Na terceira vez ele falou: ‘aceita logo a proposta’”. 

‘Causos’ II

Um correligionário lembrou protesto de servidores que Wilson enfrentou em uma reunião. No final foram pedir desculpas por ele, Wilson virou disse: “Não tem problema. Na política, às vezes, você tem que mastigar barata, achando que é marrom glace”.

Sem concorrência

O procurador-geral de Justiça Paulo Cezar dos Passos não enfrentará a concorrência nas eleições do Ministério Público. Segundo a comissão eleitoral, ele foi o único candidato inscrito para concorrer à composição da lista tríplice para o biênio 2018/2020. As eleições acontecem dia 23 de março, quando ele deve ser referendado pelos colegas.

 
 
20/09/2018 Governo tem 78% de reprovação popular, diz nova pesquisa do Ibope
POLITICA
20/09/2018 Em novo vídeo no Twitter, Temer critica Doria: “Desacelera”
POLITICA
19/09/2018 Ackimin assina documento de compromisso; 'meta é não ter criança fora da escola'
POLITICA
19/09/2018 Inocentado, Delcídio entra na disputa pelo Senado
POLITICA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS