TERA-FEIRA, 16 DE JANEIRO DE 2018
DATA: 11/01/2018 | FONTE: Redação Ex-estudante de medicina que esquartejou a mãe é transferido para presídio Crime aconteceu em dezembro de 2017

O ex-estudante de medicina Camilo Vinicius D’Amico Freitas, de 33 anos, que esquartejou a mãe, de 60, médica veterinária, em dezembro do ano passado foi transferido nesta quarta-feira (10) para uma ala de saúde da PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Na última segunda-feira (8) a Justiça negou o pedido feito pela defesa de transferência para clínica psiquiátrica de Mato Grosso do Sul ou qualquer outro Estado da Federação. A defesa já havia solicitado, anteriormente, a transferência de Camilo, que tem esquizofrenia, para o Hospital Nosso Lar em Campo Grande, mas foi informado que não há vagas para o acusado na Capital.

O crime foi descoberto depois que uma mão foi encontrada do lado de fora, na calçada da residência. O corpo da mulher foi encontrado no interior da casa e, segundo a polícia, a mãe pode ter lutado com filho antes de ser morta, devido marcas de sangue pela casa. O jovem tinha ferimentos no braço.

A vítima recebeu vários golpes na região do abdômen e teve a mão arrancada. O pescoço também apresentava ferimentos.

16/01/2018 Em meio à caça por assassino, vítima de feminicídio é sepultada
POLICIA
16/01/2018 Padrasto que estuprou enteada de 14 anos tem recurso negado pela Justiça
POLICIA
16/01/2018 Suspeitos de abandonar feto de 6 meses em saco plástico são ouvidos pela polícia
POLICIA
16/01/2018 Motociclista é atingido na BR-116 e morre após ser ejetado por vários metros
POLICIA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS