QUINTA-FEIRA, 18 DE JANEIRO DE 2018
DATA: 11/01/2018 | FONTE: odia TRF2 nega recurso e Cristiane Brasil segue impedida de assumir ministério A decisão é do juiz Vladimir Santos Vitovsky, que manteve a sentença de 1ª instância, da 4ª Vara Federal de Niterói

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), no Rio, negou nesta quarta-feira novo recurso da defesa da deputada federal Cristiane Brasil contra a liminar que a impede de assumir o Ministério do Trabalho. A decisão é do juiz Vladimir Santos Vitovsky, que manteve a sentença de 1ª instância, da 4ª Vara Federal de Niterói.

Resultado de imagem para trf2

Divulgação

Cristiane já havia informado que pretende recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) por meio da Advocacia Geral da União (AGU). A declaração dela ocorreu no mesmo dia em que o próprio TRF2 indeferiu o pedido da AGU para suspender a liminar.

 

 

No recurso, os advogados da deputada citam a “ilegal e abusiva” decisão judicial e dizem que a multa imposta, de R$ 500 mil, é “escorchante”. A defesa pede ainda que o recurso seja distribuído para o desembargador Sergio Schwaitzer.

Cristiane Brasil tem dois processos trabalhistas abertos por ex-motoristas que alegam ter trabalhado sem carteira assinada. Em um deles, ela foi condenada a pagar R$ 60,4 mil. A deputada não pagou parte do valor e teve seu nome incluído no BNDT. Na ação, havia uma tese que apontava que a carga horária do motorista era de quase 15h por dia.

 

A dívida com o outro funcionário também não foi paga. Nove das dez parcelas de R$1,4 mil foram pagas.

 
 
17/01/2018 Projeto proíbe penhor de veículos de pessoas com deficiência
POLITICA
16/01/2018 Justiça Federal nega mais um recurso sobre posse de Cristiane Brasil
POLITICA
15/01/2018 Temer e ministros fazem caminhada e reunião sobre cenário econômico
POLITICA
14/01/2018 Michel Temer vai responder a perguntas da PF
POLITICA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS