QUARTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2018
DATA: 11/01/2018 | FONTE: MidiaMax Suspeito de matar jovem com tiro na testa segue foragido e polícia descarta gravidez Arma usada no crime foi encontrada no quintal

A Polícia Civil descartou a versão de que Thalia Vieira Leandro Seladia, de 19 anos, estivesse grávida. A jovem foi morta na noite desta terça-feira (9), em Maracajú e o marido, principal suspeito pelo crime, segue foragido.

De acordo com o delegado Guilherme da Rocha, responsável pelo caso, nenhuma das testemunhas ouvidas nem o médico legista que atestou a morte relataram que a vítima estava gestante. “A barriga dela estava um pouco inchada, mas por causa da maneira como o corpo foi encontrado. Ninguém nos confirmou a história de que ela estava grávida”, explica.

O delegado afirma que um revólver calibre 22 foi encontrado jogado no quintal dacasa onde o crime aconteceu, e que antes de fugir, o suspeito teria dito ao patrão que iria se matar, porém, a linha de investigação ameniza a possibilidade de suicídio. “A possibilidade de suicídio é pequena, até porque ele descartou a arma no quintal. Acreditamos que ele realmente esteja foragido”, revela.

Em depoimento, testemunhas disseram que o casal tinha um relacionamento conturbado e que constantemente tinham problemas. No entanto, não há nenhum registro policial contra o suspeito por violência doméstica.

Resultado de imagem para viatura policia civil maracaju

O caso

O crime aconteceu por volta das 20 horas, na cidade de Maracaju, a 162 quilômetros de Campo Grande, quando, de acordo com vizinhos, houve uma discussão entre a vítima e o marido.

Um tiro foi disparado contra a testa de Thalia que morreu na residência. Após o assassinato, o marido fugiu em meio a um matagal efetuando mais disparos para o alto. Ele ainda teria ido até a casa de seu patrão confessando o crime e pedindo para que o homem fosse até a sua casa para ver se a esposa grávida estava realmente morta.

A polícia foi acionada, mas o autor não foi localizado.

20/06/2018 Policiais investigados por contrabando de cigarros viram réus em MS
POLICIA
20/06/2018 Exército deflagra operação para fiscalizar empresas que fornecem armas em MS
POLICIA
20/06/2018 Homem ameaça “furar” mulher com faca para roubar celular
POLICIA
20/06/2018 Casas pegam fogo e dono dos imóveis morre ao saber de incêndio
POLICIA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS