QUINTA-FEIRA, 18 DE JANEIRO DE 2018
DATA: 10/01/2018 | FONTE: Redação Casal é encontrado com vida 36 horas após veículo cair em ribanceira em SC Motorista perdeu o controle do carro em uma curva. Eles despencaram em um penhasco de aproximadamente 200 metros

 

Um casal foi encontrado com vida, na manhã de segunda-feira (8), 36 horas após cair em uma ribanceira de aproximadamente 200 metros, próximo ao mirante da Serra Dona Francisca, entre as cidades de Joinville e Campo Alegre, em Santa Catarina.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o casal retornava de uma viagem a Campo Alegre, no último sábado (6), quando perdeu o controle do veículo, uma caminhonete Hilux prata, na última curva da rodovia, no km 16,8, da SC-418. De acordo com a polícia, o resgate ocorreu após o filho deles começar a procurar em trechos da rodovia SC -418 e avistar o veículo.

Wilmar de Oliveira, de 57 anos, e Maria Borges de Oliveira, de 53 anos foram atendidos ainda no local pelos Bombeiros Voluntários de Joinville e encaminhados pelo helicóptero Águia da Polícia Militar para o Hospital Municipal São José, em Joinville. A situação deles é estável e não correm risco de morrer.

Segundo Ricardo Vitorino, coordenador operacional dos Bombeiros Voluntários, a equipe de resgate teve que abrir uma clareira, derrubando algumas árvores com motosserra, para que o helicóptero pudesse realizar o içamento das vítimas.

“O casal tinha diversos ferimentos. O senhor estava ao lado do carro, com fraturas nas costelas e tinha dificuldades para respirar e a esposa foi encontrada 20 metros abaixo dele, com lesão na coluna, fraturas de clavícula e ombros. Eles tinham diversas picadas de insetos”, explicou Vitorino.

17/01/2018 Condutor tenta desviar de tamanduá e caminhão com tijolos tomba em rodovia
ACIDENTE
16/01/2018 Colisão entre caminhão e ônibus deixa motorista preso às ferragens na BR-262
ACIDENTE
15/01/2018 Motociclista morre após bater em caminhoneta
ACIDENTE
11/01/2018 Carro pega fogo em avenida e mobiliza Corpo de Bombeiros na Capital
ACIDENTE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS