TERA-FEIRA, 16 DE JANEIRO DE 2018
DATA: 10/01/2018 | FONTE: Redação Homem é preso por reincidir na comercialização de pescado fora da medida

Policiais Militares Ambientais de Corumbá prenderam um pescador por comércio de pescado produto da pesca predatória. O infrator foi preso nesta terça-feira, dia 09 de janeiro, com 36 quilos de pescado, que estavam em uma caixa de isopor transportada em um carrinho de mão, na área urbana de Corumbá. O pescado, o carrinho e o isopor foram apreendidos.

O infrator, residente em Ladário, comercializava o pescado que fora capturado durante a piracema e ainda havia exemplares fora da medida permitida pela legislação.

O pescador de 51 anos, que já fora preso outras vezes por pesca predatória, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Corumbá, onde foi autuado em flagrante pelo crime ambiental. A pena para este crime é de um a três anos de detenção.

O pescador também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.120,000. O pescado será doado para instituição filantrópica, depois de ser periciado.

16/01/2018 Mulher flagra namorado no portão com outra, é agredida e tem roupas rasgadas
Geral
16/01/2018 Após mais de 13 horas, corpo que era velado na rua é recolhido pelo IML
Geral
16/01/2018 TRÊS LAGOAS: Ex-gerente geral de empresa de celulose é suspeito de matar esposa a tiros
Geral
16/01/2018 Governo repassa R$ 1,7 milhão para sete cidades atingidas pela chuva
Geral
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS