QUARTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2018
DATA: 29/12/2017 | FONTE: Redação Polícia identifica motociclista que morreu depois de ser atingido por caminhonete Ramão Arcelino Diarte Nunes, de 50 anos, não resistiu aos ferimentos

Identificado como Ramão Arcelino Diarte Nunes, de 50 anos, o motociclista que morreu na tarde de ontem depois de ser atingido por uma caminhonete na Vila Bandeirantes, em Campo Grande. Ele estava sem os documentos pessoais no momento do acidente.

Conforme o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu às 16h15, quando a motocicleta de Nunes foi atingida na lateral por caminhonete Triton L200 no cruzamento das ruas Brilhante com a Vicente Solari. Ele morreu antes da chegada do socorro.

Aos policiais, o motorista da caminhonete Eduardo Nunes Sanchez, 44, contou que estava aguardando o semáforo abrir e, assim que cruzou a Avenida Brilhante, acabou se envolvendo no acidente.

Ele disse não ter conseguido frear a tempo de evitar a colisão e que o motociclista estava em alta velocidade. A perícia da Polícia Civil foi chamada e vai apurar as circunstâncias do acidente.

Sanchez vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

17/01/2018 Condutor tenta desviar de tamanduá e caminhão com tijolos tomba em rodovia
ACIDENTE
16/01/2018 Colisão entre caminhão e ônibus deixa motorista preso às ferragens na BR-262
ACIDENTE
15/01/2018 Motociclista morre após bater em caminhoneta
ACIDENTE
11/01/2018 Carro pega fogo em avenida e mobiliza Corpo de Bombeiros na Capital
ACIDENTE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS