TERA-FEIRA, 19 DE JUNHO DE 2018
DATA: 28/12/2017 | FONTE: Redação Setor de criação do Atlético é o que menos preocupa para 2018 Até o momento, nenhum jogador da posição, que foi o destaque em 2017, deixou o Furacão

Com apenas uma contratação confirmada para a temporada de 2018 – o atacante Bergson -, o Atléticocontinua no mercado em busca de novas opções, mas não deverá buscar nenhum reforço para o meio de campo. O setor de criação do Furacão é o que dá maior tranquilidade ao departamento de futebol, uma vez que conta com peças que deram resultado neste ano e que vão permanecer no Rubro-Negro para as disputas do Campeonato Brasileiro, da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil.

Não à toa, os principais artilheiros do Atlético na temporada são desta posição. O goleador do Furacão foi o meia Felipe Gedoz, que marcou oito gols na temporada, seguido por Nikão, que fez sete, Sidcley, que atua também como lateral-esquerdo, com seis, além de Guilherme, que fechou o ano com cinco gols anotados.

 

Gedoz, que ficou marcado por ser a segunda contratação mais cara da história do Atlético (cerca de R$ 5 milhões), teve alguns problemas neste ano e até pode deixar o clube. O jogador, que foi criticado publicamente pelo ex-técnico Fabiano Soares, tem sondagens de clubes do México e dos Emirados Árabes Unidos e pode ser negociado.

A lista de nomes para compor o setor de criação pode ficar ainda menor. A imprensa da Turquia noticiou na última quarta-feira (27) o interesse do Galatasaray na contratação de Sidcley, peça importante para o Furacão por conta da sua versatilidade. No entanto, se permanecer no clube, o camisa 8 será mais opção para o meio de campo rubro-negro.

Dois jogadores, porém, são nomes garantidos. Nikão e Guilherme, que tiveram boas atuações durante a temporada, devem liderar o setor ofensivo, principalmente pela experiência, embora sejam novos. Os dois ajudaram o Atlético neste ano, mas ambos conviveram com lesões que impediram uma sequência maior.

Guilherme chegou no decorrer da temporada e quando entrou no time não decepcionou. Já Nikão só não teve um ano melhor por conta de uma lesão muscular. Mesmo assim, terminou como vice-artilheiro do clube em 2017.

 Além dessas opções, o novo técnico do Furacão, Clarence Seedorf, poderá ganhar mais uma opção no decorrer da temporada. O meia João Pedro, que foi emprestado e se destacou pelo Paraná Clube na disputa da Série B, jogará o Campeonato Paranaense com o time Sub-23 e, se agradar, pode ser chamado para o time principal.

Diante deste cenário, pouco tem se falado em contratações para essa posição. Por enquanto, o clube acertou os reforços dos atacantes Bergson e Felipe Dorta, que jogará pelo sub-23, e dos laterais Thiago Carleto e Diego Ferreira. O clube ainda procura por pelo menos mais um zagueiro e mais um volante para compor o elenco para o início da próxima temporada.

19/06/2018 Imperial Calhas ganha o Campeonato Inter Firmas
ESPORTE
19/06/2018 RFS conquista o título de campeão da Copa Conti
ESPORTE
18/06/2018 Para Tite, ansiedade atrapalhou jogadores do Brasil
ESPORTE
18/06/2018 Brasil vacila e empata com a Suíça na estreia na Copa
ESPORTE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS