QUARTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2018
DATA: 28/12/2017 | FONTE: Redação Paraná Clube terá que recomeçar time em 2018 quase do zero

O torcedor vai ver em 2018 um Paraná Clube bem diferente do que viu este ano. O sucesso na temporada, com a volta à elite do futebol brasileiro, fez o mercado voltar os olhos para a Vila Capanema e o Tricolor será obrigado a reformular seu elenco para 2018. A negociação do lateral-direito Cristovam com o Suwon Samsung Bluewings, da Coreia do Sul, praticamente consolidou o desmanche da equipe que devolveu o clube para a Série A depois de 10 anos.

Do time base que foi mais vezes titular do Paraná Clube na Série B, apenas três jogadores estão com a permanência garantida para o ano que vem. Dos oito titulares restantes, cinco já deixaram o clube e três ainda são dúvidas.

O contestado lateral-esquerdo Igor, o volante Leandro Vilela e o atacante Alemão são os únicos que devem se apresentar para o início da pré-temporada, no dia 2 de janeiro. Ainda estão com futuro indefinido o goleiro Richard, o zagueiro Iago Maidana e o meia Renatinho.

 

Entre as baixas mais importantes estão o zagueiro Eduardo Brock, que acertou com o Goiás e foi quem mais atuou com a camisa paranista, com 57 partidas na temporada, sem nem ter sido substituído. O atacante Robson também não fica para o ano que vem. O jogador está partida para Bangkok United, da Tailândia após atuar em 33 jogos, sendo 29 como titular, marcando sete gols.

Outra peça fundamental que já foi embora é o volante Gabriel Dias, que está de saída para o Internacional. Apesar da importância na Série B, dentro do clube a visão é que o volante Alex Santana, que está voltando do Internacional, tem condições técnicas de render mais que Dias.

Outro meia que já saiu é João Pedro, que retorna ao Atlético após ter sido emprestado pelo rival. Após chegar ao Tricolor no meio da Série B, ele fez três gols e deu quatro assistências.

Da comissão técnica, o primeiro a deixar o time da Vila foi o técnico Matheus Costa, que ainda não acertou com nenhum outro clube, e em seguida Tcheco, que é o novo auxiliar-técnico do Coritiba.

 A reformulação se deve ao estilo de elenco que o Paraná Clube pretende apresentar em 2018, com jogadores mais baratos e sem fazer loucuras para manter alguns atletas no grupo. Além disso, este ano, com Renatinho, João Pedro e Alemão, o time era leve do meio para a frente. Para disputar o Brasileirão em 2018, a ideia é montar um time mais forte para aguentar o estilo de jogo da primeira divisão.
20/06/2018 NAVIRAÍ-Começam as disputas dos campeonatos da Copa Cidade
ESPORTE
20/06/2018 Depois de tropeço, Tite aposta na psicologia para recuperar Brasil
ESPORTE
19/06/2018 Imperial Calhas ganha o Campeonato Inter Firmas
ESPORTE
19/06/2018 RFS conquista o título de campeão da Copa Conti
ESPORTE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS