QUINTA-FEIRA, 18 DE JANEIRO DE 2018
DATA: 12/12/2017 | FONTE: Redação/Assessoria Meio Ambiente terá Ação: “Não jogue o lixo na rua”

Uma ação de conscientização para que não joguem lixo em locais inadequados será desencadeada pela Gerência Municipal de Meio Ambiente de 18 a 22 de dezembro, onde placas com orientação de “Proibido Jogar Lixo e Entulho” serão distribuídas em pontos críticos da cidade. Essa foi uma das soluções encontrada pela Prefeitura Municipal para evitar que esses resíduos sejam despejados em terrenos, estradas vicinais, Áreas de Preservação Permanente (APP’s) e áreas verdes do município.

De acordo com Astolfo Carlos Mendes, gerente de Meio Ambiente, tal ação é uma forma de conscientizar a população, para evitar que locais de depósito irregulares voltem a se formar. ‘‘O cidadão vê um local mais afastado e acaba jogando a latinha, o lixo doméstico e até móveis velhos. Além disso, este lixo que jogamos a céu aberto ou em terrenos baldios traz malefícios a própria população, pois produz bactérias e fungos que atraem baratas, ratos e mosquitos, os quais transmitem sérios problemas de saúde, como dengue, chikungunya, zica, febre tifoide, cólera, disenteria, leishmaniose, entre outras. Além do mais, também polui o ar, o solo e os cursos d’água com a produção de gases poluentes e substâncias químicas tóxicas”, explicou o gerente.

Lugar de lixo é na lixeira

É importante que todos colaborem com a limpeza da cidade, não jogando lixo nas ruas, terrenos baldios, canteiros, estradas vicinais e Áreas de Preservação Permanente. Cuide do seu lixo e denuncie àqueles que não se preocupam!

 

Foto: Divulgação

Legenda: Placas com orientação de “Proibido Jogar Lixo e Entulho” serão distribuídas em pontos críticos da cidade

17/01/2018 Pecuarista é autuado em R$ 7 mil por desmatamento ilegal de cerrado
Geral
17/01/2018 Anvisa encontra lote de botox falsificado e proíbe venda
Geral
17/01/2018 Homem morre atropelado na BR-277 a poucos metros de passarela
Geral
17/01/2018 Requião lança candidatura ao governo do Paraná para acabar com “Tucanistão”
Geral
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS