QUARTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2018
DATA: 12/12/2017 | FONTE: Redação/Assessoria Eldorado-Polícia verifica possíveis irregularidades após avião pegar fogo antes de decolagem A intenção é esclarecer o motivo do incêndio e se houve algum tipo de crime.

Peritos criminais policiais fazem uma vistoria na aeronave envolvida em um acidente, em Eldorado.O delegado Thiago Lucena, responsável pelas investigações, disse nesta segunda-feira (11) que a intenção é esclarecer o motivo do incêndio e se houve algum tipo de crime.

“A aeronave passa por minuciosa perícia, assim como foi feito no local do acidente. Ao final, não havendo qualquer indício de crime, será encaminhado ao Ministerio Publico para providências necessárias. Ainda não temos o prazo para conclusão e simultaneamente o Cenipa realiza uma investigação das questões administrativas”, afirmou o delegado.

Logo após o acidente, o delegado explicou que o cunhado do piloto prestou depoimento. “A testemunha, que é um médico veterinário, presenciou o início do processo de decolagem. Na verdade, a aeronave nem chegou a sair do chão, quando saiu da pista e bateu em uma cerca de contenção de gado. Ele então correu para socorrer a família e comentou que, assim que retiraram os objetos, o avião pegou fogo”, ressaltou Lucena.

A polícia agora aguarda os laudos periciais. O piloto também declarou que não sabia o que tinha acontecido. “Nós suspeitamos de acidente. No entanto, vai depender da perícia definir se houve erro por parte do piloto ou então algo relacionado a aeronave. A perícia também vai me dizer se não há qualquer irregularidade quanto as condições de aeronavegabilidade”, comentou o delegado.

Entenda o caso

A polícia e o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) investigam um incêndio em um avião monomotor, pouco antes da decolagem no dia 3 de novembro, em uma propriedade rural no município de Eldorado, sul de Mato Grosso do Sul. Na aeronave estavam três pessoas; pai, mãe e filho conseguiram sair ilesos.

Bombeiros estiveram no local. O delegado não descarta a possibilidade de uma manobra errada por parte do piloto, mas não duvida que uma falha no monomotor possa ter provocado o acidente. O que também será investigado é se o avião estava apto a pegar voo. Quanto ao aeroporto da fazenda, o delegado disse que ele homologado e com autorização para pousos e decolagens.

O dono da aeronave é de Maringá (PR), e estava em Eldorado com a esposa e o filho para participar de uma festa de família. Quando os policiais chegaram no local, o piloto já tinha voltado para o Paraná sem falar com os investigadores. Ele deve ser ouvido nos próximos dias para esclarecer os fatos.

“Pelas investigações preliminares, ele tem autorização para pilotar. Nós vamos intimá-lo para ouvi-lo, já que ele não ficou no local. Não existe crime, por enquanto. Queremos saber o que aconteceu. Pode ser que no final apareça algo”, finalizou o delegado.

20/06/2018 Policial perde controle de moto ao fazer curva e derruba poste em canteiro avenida
ACIDENTE
20/06/2018 Motociclista sofre queda e fica ferida no Jardim Universitário
ACIDENTE
20/06/2018 Homem perde o controle da direção, cai e acaba morrendo
ACIDENTE
19/06/2018 Homem de 33 anos morre ao sofrer queda de moto
ACIDENTE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS