DOMINGO, 18 DE FEVEREIRO DE 2018
DATA: 07/12/2017 | FONTE: MídiaMax Tavares é exonerado e Carlos Coimbra toma posse na SES na próxima semana Novo secretário diz que convite foi por critérios técnicos
Foto Divulgação

A saída oficial do agora ex-secretário estadual de saúde, Nelson Tavares (PSDB), foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (7), mas a posse de seu substituto só deve acontecer na próxima semana.

De acordo com o futuro secretário, Carlos Coimbra, ex-diretor do Hospital de Câncer Alfredo Abrão e atual gerente administrativo do Humap (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian), ele ainda tem algumas ações em sua atual função antes de assumir a SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Coimbra revelou que conversou com o governador Reinaldo Azambuja e com o secretário de governo, Eduardo Riedel, ambos do PSDB, ontem, quarta-feira (6), e definiu para a próxima semana a posse.

O futuro secretário afirma que o convite foi ‘inesperado’, e frisa que ainda precisa se inteirar das ações da pasta, mas revela que Azambuja lhe deu liberdade para montar sua equipe de trabalho.

“Não é um desafio político, o governador me fez um convite técnico, com foco em 2018”, destacou.

Carlos Coimbra disse que pretende aproximar a relação e ampliar ações da SES com o MPE-MS (Ministério Público Estadual), Conselho Estadual de Saúde, com as Prefeituras do Estado e com a direção dos maiores hospitais em Mato Grosso do Sul.

Ao anunciar sua saída, Nelson Tavares afirmou que sua saída da SES já estava definida há dois meses, e se deu por motivos pessoais.

17/02/2018 'Circunstâncias' exigiram intervenção, diz Temer em pronunciamento
POLITICA
17/02/2018 Com comitiva de pré-campanha, Puccinelli promove mais uma rodada de encontros no interior
POLITICA
16/02/2018 Puccinelli propõe aliança velada com PDT para evitar ataques pessoais durante campanha
POLITICA
16/02/2018 Juiz de MS faz desabafo sobre polêmica envolvendo auxílio-moradia
POLITICA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS