DOMINGO, 19 DE AGOSTO DE 2018
DATA: 06/12/2017 | FONTE: MidiaMaxNews Delegado que interrogou Lula deve comandar a PF em MS, diz jornal

Os comandos das superintendências da Polícia Federal em 12 estados do país devem ser alterados pelo novo diretor-geral da corporação Fernando Segóvia. Em Mato Grosso do Sul, quem deve substituir o atual superintendente Ricardo Cubas Cesar é o delegado Luciano Flores, que interrogou o ex-presidente Lula na Operação Lava Jato.

De acordo com o site G1, outros integrantes da Lava Jato também assumirão comando em outros estados. Além de Mato Grosso do Sul, devem haver trocas em Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Sergipe, Alagoas, Rio Grande do Norte, Piauí, Maranhão e Acre. Em Pernambuco e Paraíba as trocas já foram oficializadas.

Não devem haver mudanças em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Bahia, Ceará, Roraima, Amazonas, Rio Grande do Sul e Goiás.

O atual superintendente de Mato Grosso do Sul está no cargo desde 2015, quando substituiu Edgar Paulo Marcon. Antes de assumir a superintendência, Ricardo Cesar havia desarticulado esquema de lavagem de dinheiro que movimentou R$ 600 milhões em pouco mais de quatro anos.

O provável novo superintendente do Estado, Luciano Flores, é integrante da força-tarefa responsável pela Lava Jato e teve repercussão nacional em março do ano passado, quando interrogou o ex-presidente Lula, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

19/08/2018 Até fim do ano, Mato Grosso do Sul terá quatro concursos com 2,3 mil vagas
Geral
19/08/2018 Governo de MS deve compensar índios por danos causados pela duplicação da MS-156
Geral
19/08/2018 Pesquisa indica que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente
Geral
19/08/2018 Regras para renovação da CNH podem mudar em breve
Geral
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS