DOMINGO, 18 DE NOVEMBRO DE 2018
DATA: 21/11/2017 | FONTE: Naviraí em foco Homem que confessou matar jovem durante carona é denunciado pelo MP
Foto Divulgação

O suspeito de matar a radiologista Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, Jonathan Pereira do Prado, foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), nesta segunda-feira (20), pelo assassinato da jovem, que combinou carona com o homem via WhatsApp no início deste mês. As informações detalhadas sobre a denúncia serão repassadas nesta terça-feira (21), em coletiva de imprensa, em Frutal.

Entenda o caso

Desaparecida desde o dia 1º de novembro, depois de dar carona a um desconhecido por meio do aplicativo WhatsApp, Kelly foi encontrada morta, no dia seguinte, em um córrego entre as cidades de Frutal e Itapagipe, no Triângulo Mineiro. A prisão de Jonathan e de outros dois suspeitos, que compraram peças do veículo roubado, foi feita no mesmo dia.

Um dia após a detenção, o autor do crime foi agredido por colegas de cela no Presídio de Frutal e precisou ser transferido para uma cela isolada. Na sexta-feira (10), Jonathan foi indiciado por três crimes: latrocínio (roubo seguido de morte), ocultação de cadáver e estupro.

 
18/11/2018 Embriagado, homem cobra dívida e sofre golpe de facão em Avenida
POLICIA
18/11/2018 Vias de fato: Comerciante fotografa mulher, que tira satisfações e ambas vão parar em delegacia
POLICIA
18/11/2018 Motociclista se envolve em acidente, fica inconsciente e tem moto roubada na Avenida das Bandeiras
POLICIA
18/11/2018 Polícia recaptura três fugitivos de penitenciária de MS
POLICIA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS