TER«A-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2017
DATA: 11/09/2017 | FONTE: UOL Como Christopher Reeve convenceu a gente sobre o disfarce do Superman
Christopher Reeve em cena de "Superman: O Filme" (1978)

Óculos e terno. O disfarce do Superman como Clark Kent parece bobo, mas funciona (pelo menos em Metrópolis). E no cinema o ator Christopher Reeve, que encarnou o super-herói em quatro filmes entre 1978 e 1987, mostrou com extremo talento que o truque pode mesmo ser bem convincente. 

No clássico "Superman", dirigido por Richard Donner, uma cena mostra como Reeve criou dois personagens bem diferentes. Sem efeitos especiais, ele se transforma de Clark Kent em Superman contando apenas com a expressão corporal.

A cena acontece logo após o Superman voar com Lois Lane (Margot Kidder) e um pouco antes de um encontro entre a jornalista do Planeta Diário com o seu colega Clark Kent. O herói pensa em revelar o seu disfarce para a amada. Reeve tira os óculos, endireita os ombros, cresce o peito e deixa a voz bem mais confiante. Até mesmo o formato da boca e a altura mudam quando o ator troca de personagem. Assim, conseguimos ver o Superman, mesmo que ele esteja com a roupa do Clark Kent.

Os trejeitos dos dois personagens também são opostos. Enquanto Clark Kent é frágil, desajeito e estabanado, chegando até a prender o dedo no espremedor de laranjas, Superman é forte, preciso e perfeito.

Para viver esses personagens tão diferentes, Reeve teve aulas de expressão corporal e treinou com o ator David Prowse, que um ano antes deu vida ao corpo de Darth Vader em "Star Wars: Uma Nova Esperança" (a voz do vilão na saga pertence a James Earl Jones). 

26/09/2017 Luan Santana diz que trocou sertanejo por heavy metal e internet ferve em memes
ENTRETENIMENTO
25/09/2017 Concorrentes, Danilo Gentili e Porchat fecham acordo de grava√ß√Ķes
ENTRETENIMENTO
23/09/2017 A Força do Querer: Na reta final, Ivan revela gravidez e reencontra Cláudio
ENTRETENIMENTO
21/09/2017 Com final fraco, saga do Capitão América do mal desperdiça ideias ousadas
ENTRETENIMENTO
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS