QUINTA-FEIRA, 19 DE JULHO DE 2018
DATA: 10/09/2017 | FONTE: DouradosNews Caçadores são multados em R$ 33 mil por abate de animais silvestres
Foto Divulgação

Policiais Militares Ambientais de Jardim e agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) realizavam fiscalização na rodovia BR-267, no município, quando prenderam três caçadores, com quatro animais silvestres abatidos.

Os infratores estavam em um veículo Fiat/Strada abordado nesta sexta-feira, dia 08de setembro, onde foram encontrados na carroceria um animal da espécie veado-campeiro e um da espécie mutum (ambos na lista de espécie em extinção) e dois exemplares da espécie cateto.

Os infratores admitiram terem caçado os animais na região do Tupã, a 3 km da BR 267, próximo ao calcário da Bodoquena. Apesar de todos os animais terem sido abatidos por arma de fogo, os caçadores não quiseram informar onde estavam as armas. O veículo e os animais abatidos foram apreendidos.

Os infratores, um vigia noturno de 44 anos e um autônomo de 51, ambos residentes em Jardim e, outro autônomo de 47 anos, residente no Centro de Guia Lopes da Laguna foram autuados administrativamente e multados em R$ 11.000,00 cada um, perfazendo R$ 33.000,00.

Eles também foram encaminhados, juntamente com o material apreendido, à Delegacia de Polícia Civil de Jardim e responderão por crime ambiental de caça e transporte de produto ilegal da fauna e poderá pegar pena de seis meses a um ano e meio de detenção.

18/07/2018 Disputa no tráfico de drogas é principal causa de mortes em MS
POLICIA
18/07/2018 No Brasil, 37 crianças e adolescentes são vítimas de intoxicação ou envenenamento todos os dias
POLICIA
18/07/2018 Bandidos arrombam paróquia no centro da capital e deixam um rastro de destruição
POLICIA
18/07/2018 Garras prende caminhoneiro que desviou carga de carne para revender
POLICIA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS