QUARTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO DE 2017
DATA: 23/08/2017 | FONTE: Gazeta Esportiva Galiotte banca Cuca e Mattos no Palmeiras e já planeja 2018
Foto Divulgação

Cuca está garantido no Palmeiras até o final do ano e deve seguir no clube em 2018. A afirmação foi feita pelo presidente Mauricio Galiotte, que concedeu entrevista ao canal ESPN na terça-feira, e garantiu que a permanência do treinador independe do resultado no clássico deste domingo, contra o São Paulo, no Palestra Itália. Além disso, o dirigente executivo Alexandre Mattos também teve o cargo assegurado.

“O presidente do Palmeiras tem que estar preparado para sofrer pressão. Nós sofremos pressão em todos os momentos, inclusive quando ganha. Se mudarmos a filosofia por pressão, vamos colocar todo o projeto em risco. Caso ocorra o que você está dizendo (derrota contra o São Paulo), Mattos será mantido e Cuca será mantido. E o trabalho terá continuidade”, disse o mandatário.

“Também para 2018. Por que não? Ele tem contrato conosco. Temos contrato com o Cuca até o final de 2018. Da nossa parte, ele é o treinador do Palmeiras. Em algum momento, se o Cuca, não se sentir à vontade, se achar que o ciclo dele terminou, é outra questão. Mas eu conto com o trabalho do Cuca, confio no Cuca. Nos últimos oito anos, ele ganhou oito títulos, a última conosco. Acho que não adianta trocar de treinador, fazer outras experiências. O Cuca está mantido. Sou bastante ponderado nas minhas decisões, mas não abro mão do comando, e o Cuca é o técnico do Palmeiras”, completou.

Sem vencer há três rodadas no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras vive um momento delicado. Nesta terça-feira, a Mancha Alvi Verde, principal torcida organizada do clube, pediu a saída imediata do técnico Cuca, que tem contrato até o final da temporada de 2018 e já manifestou o desejo de cumpri-lo. Antes, os uniformizados já haviam pedido a saída do diretor executivo Alexandre Mattos, também bancado por Galiotte.

“O Cuca tem todo nosso apoio. Vai continuar no Palmeiras. Na nossa avaliação, é o melhor técnico para estar no clube conosco. Então, não faz sentido buscar opções fora do Palmeiras. Temos a mesma frustração do torcedor. Queremos ganhar e também somos torcedores. O Cuca tem todo nosso apoio”, disse, antes de falar sobre Mattos.

“O Mattos é um profissional vitorioso, muito competente. Ele ganhou cinco títulos nos últimos quatro anos, quatro nacionais e um regional. Da mesma forma que respondi sobre o Cuca, responso sobre o Mattos. Não vou alterar a estrutura do futebol. Essa é uma estrutura vencedora. Não ganhamos nesse momento, mas vamos ganhar. A partir do momento que alterarmos a filosofia, vamos comprometer. Então, existe uma filosofia, existe um trabalho. O Palmeiras tem todos os atributos que um time grande precisa para ser campeão”, finalizou.

21/11/2017 Cotado no Palmeiras, Abel não garante permanência no Fluminense
ESPORTE
20/11/2017 Consciência negra: representatividade no esporte cresce, mas racismo ainda fere
ESPORTE
19/11/2017 Cueva "some" e vira problema de última hora no São Paulo
ESPORTE
18/11/2017 São Paulo põe Hernanes como prioridade e avalia estratégias para permanência
ESPORTE
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS