SEXTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017
DATA: 17/08/2017 | FONTE: UOL No programa de Luan Santana, Caetano diz que aprova atual momento da música
Caetano Veloso, Ivete Sangalo e Luan Santana juntos nos ensaios para o programa "Canta, Luan", no Multishow. (Foto: Reprodução)

Luan Santana recebeu Ivete Sangalo e Caetano Veloso na noite de quarta-feira (16) no “Canta, Luan”, seu programa especial no Multishow que segue até o final de agosto. O cantor festejou a presença dos ídolos baianos dividindo o palco com ele e se soltou ao ponto de revelar um apelidinho carinhoso que usa com Ivete Sangalo: Vevels. O cantor tratou a amiga pelo apelido durante todo o programa.

Ivete Sangalo garantiu ainda mais momentos de descontração ao comentar sobre os haters, pessoas que se dedicam a falar mal dos outros na internet. “Outro dia me perguntaram em uma entrevista: ‘Ivete, você tem haters?’ Aí eu pensei: ‘O que é isso, uma nova expressão?’ Então fiz a analogia com a palavra hate, que significa ódio, e respondi: Não, eu tenho gooders (da palavra bom em inglês)”. Não demorou para que os fãs de Ivete e Luan passassem a se autodenominarem “gooders” nas redes sociais.

Animada, a dupla aproveitou para cantar junto “Zero a Dez” e “Estaca Zero”, parceria de Ivete com Luan e Luan com Ivete, respectivamente, em seus últimos DVDs. Luan ganhou até uma apalpadinha de Ivete no bumbum quando voltou ao palco enquanto ela terminava de cantar sua música nova, “À Vontade”, parceria com Wesley Safadão.

Mas a cantora também falou sério na hora de defender a música popular brasileira, que era tema do programa. “Tolo daquele que acha que MPB é um segmento. MPB é a sorte de poder fazer música nesse país”, declarou Ivete.

Mais contido com Caetano Veloso, Luan chegou a beijar as mãos em agradecimento à presença do cantor. Com ele, fez dueto na música “Sozinho”. Depois, em um momento acústico do programa, Luan Santana emocionou Ivete Sangalo ao cantar “Força Estranha” com Caetano Veloso ao violão.

Questionado por Luan, Caetano Veloso elogiou a atual mistura de ritmos na música brasileira. “Acho bom porque era o que eu desejava. Quando eu tinha 26 anos, esse era o meu sonho”, declarou o músico sobre a herança deixada por sua geração citando Rita Lee e os Mutantes. “Um dos meus sonhos era que o centro-oeste chegasse ao litoral. Na camada mais profunda da nossa música popular a gente está acertando”, finalizou Caetano.

Assim como já fez nos primeiros dois programas, Luan Santana mostrou seu talento para interpretar canções de outros artistas. No repertório “Eu Te Devoro”, de Djavan, “Um Dia de Domingo”, sucesso na voz de Tim Maia e Gal Costa, “Velha Infância”, dos Tribalistas, “Burguesinha”, de Seu Jorge, e "Vamos Fugir", de Gilberto Gil.

23/11/2017 Na Telona: Com Cauã Reymond, filme rodado em MS é a grande estreia do circuito
ENTRETENIMENTO
22/11/2017 Liga da Justiça: Fãs criam petição para que Warner lance a versão de Zack Snyder
ENTRETENIMENTO
21/11/2017 Warner prepara série animada protagonizada pela Arlequina
ENTRETENIMENTO
20/11/2017 CCXP 2017: Will Smith virá ao Brasil para apresentar Bright
ENTRETENIMENTO
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS