TERA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO DE 2017
DATA: 09/08/2017 | FONTE: Redação Alerta de Crueldade - Em Eldorado Cães e gatos estão sendo envenenados
Foto Divulgação

A Polícia Civil instauro um inquérito para investigar o envenenamento de cães e gatos em Eldorado (MS). Ao menos oito animais foram encontrados mortos na cidade. A suspeita é de que os bichos posam ter consumido chumbinho. O inquérito foi instaurado com base em denúncias apresentadas pela proprietária de um dos animais.

Segundo o delegado, Dr. Thiago de Lucena e silva .Ele acredita que outros cães e gatos possam ter sido envenenados, mas os casos não teriam sido registrados pelos tutores. “Tentamos localizar alguns tutores desses animais para que viessem à delegacia, constatamos que alguns dos animais mortos já foram enterrados mais conseguimos localizar um animal e mandamos para análise, em breve teremos o resultado.” Disse

Nossa reportagem conversou com um veterinário, que nos disse que os sintomas de envenenamentos são inquietação, salivação, hemorragia, fezes com sangue, vomito e convulsão, esses sintomas podem ser a presença de veneno chamado popularmente como “chumbinho” no estômago do animal.

 

Envenenar animais é crime
O envenenamento de animais está previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal 9.605, de 13/02/98). O artigo 32 da lei diz que é considerado crime ambiental “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. A pena prevista é detenção de três meses a um ano e multa.
 
Ao encontrar um animal morto com suspeita de envenenamento, tire várias fotos em vários ângulos, para mostrar onde foram encontrados o animal e os restos do alimento suspeito de conter veneno.
 
Leve tudo (o animal e o alimento) para um veterinário pois ele poderá encaminhá-lo a um órgão competente para fazer a necrópsia e emissão de um laudo oficial da causa da morte. Consiga testemunhas ou outros fatos relacionados ao envenenamento. Já de posse do laudo e com as fotos, vá a delegacia com as testemunhas munidas de RG e faça um BO (Boletim de Ocorrência).
 
Fazer BO é melhor maneira de conseguir resolver o problema. Quanto mais BOs com o mesmo caso registrado na delegacia, fica mais fácil a polícia investigar e salvar os animais.
21/11/2017 Ivinhema: Policia Civil descobre homicídio após desenterrar vitima
POLICIA
21/11/2017 Homem que confessou matar jovem durante carona é denunciado pelo MP
POLICIA
21/11/2017 “Posso te dar um agrado”, preso tenta subornar agente e acaba isolado
POLICIA
21/11/2017 Advogado vai até delegacia para libertar cliente e acaba preso
POLICIA
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS