QUINTA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2018
DATA: 21/04/2017 | FONTE: MidiaMax Juti- Hospital diz ter dado resposta ao MPE sobre fotos publicadas em rede social Mulher procurou policia após ver imagens do filho morto no Facebook
Foto Ilustração

O hospital de Juti, onde supostamente teriam sido tiradas e publicadas nas redes sociais, fotos de Willian Terrengue, assassinado em 25 de março, disse já ter se posicionado sobre o assunto.

Ao ser procurado pelo Jornal Midiamax, o hospital alegou já ter prestado esclarecimentos ao Ministério Público e que não poderia dar respostas à imprensa.

O Ministério Público ainda não se posicionou sobre o assunto.

O caso

A mãe de Willian, procurou a polícia para registrar o boletim de ocorrência, depois de ver as postagens. De acordo com a mulher de 41 anos, as imagens eram das costas e do rosto do filho, e supostamente teriam sido tiradas dentro do hospital.

Conforme o relato da mãe, é possível ver nas fotografias pessoas com jalecos e usando luvas hospitalares. As pessoas teriam sido identificadas pelo hospital e a mãe procurou a polícia para fazer a denúncia.

O caso é tratado como violação de sigilo funcional. A polícia deve identificar os autores para serem autuados.

 

25/04/2018 Iguatemi iniciou a campanha de vacinação contra a Gripe Influenza
Geral
25/04/2018 Mais de 40% dos brasileiros até 14 anos vivem em situação de pobreza
Geral
25/04/2018 Casa de madeira fica destruída após incêndio
Geral
25/04/2018 Justiça acata denúncias, mas arquiva três investigações contra cartel do gás
Geral
© JORNAL DO CONESUL | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS